15 janeiro 2009

Saudades batem forte!

Muitas são as saudades que nos arremessam... Aqueles momentos de paz e de despertença a este mundo tão materialista e falso que nos acorda todos os dias que nos proporcionava o nascer do sol no Boom.... Que saudades!!! Que as terras se renovem e floresçam as vegetações para nos acolherem novamente no próximo Boom Festival!!! Aproveito para partilhar um dos projectos com os quais tive contacto no Boom - subscrevam a newsletter - é informação vital: GAIA - Grupo de Acção e Intervenção Ambiental http://gaia.org.pt Notícias importantes relativamente ao Boom Festival: O Boom ganhou um prémio a nivel europeu!!!! http://www.boomfestival.org/boom2008/news_33_121108.php Já está disponível a edição limitada de um DVD do Boom de 2008!!! http://www.boomfestival.org/boom2008/news.php Muitos Booms bombásticos para toda a gente!!!! WE ARE ALL WE ARE ONE!!!! Kisses, Móni

23 agosto 2008

Namastê

O resplandecer de uma mente livre manifestada em um encontro de paZ, cultura, arte, esperAnça, alegrIa, ECOlogia, sabedoria. Foi essa luz que levamos e recebemos, uma troca continua em um espaço e tempo paralelo, não linear e multidimensional. O Cantinho de lUz ganhou vida e os seus livros dançaram harmoniosamente, ao som da comunhão perfeita entre o ser e o divino. Sinergia! We are All! Obrigada. monica, india, adhara, companheiras de estrada, de vida, de tenda e ventanias. oriza e toda a ecoteam que nos concederam um espaço em seus corações. tania, bruno, guardiões terrestres de amor e sabedoria. a todos os boomers e suas vibes eletrizantes. as editoras que colaboraram com o projecto ajudando a despertar a luz em cada um de nós. Namastê

A METÁFORA DA LUZ * Miguel Canto

Se a gente der uma parada para pensar sobre determinadas coisas indispensáveis para nossa sobrevivência, logo surge uma série de elementos pelos quais nem dispensamos tanta importância, contudo, nascemos vivemos e morremos em função deles. A Luz, por exemplo. É um elemento tão importante e tão procurado que se tentássemos colocar aqui todos os adjetivos correspondentes, encheríamos páginas e mais páginas só relacionadas a ela e seus benefícios. È luz da vida, luz do dia, luz das estrelas, luz da manhã, luz da lua, luz dos olhos, etc.. etc.. etc.. É tanta a procura pela luz, que até mesmo as plantas quando são encobertas por qualquer obstáculo que lhe privam da luz do sol, entortam-se, enroscam-se, fazem verdadeiro malabarismo, só para conseguir ver a luz. Embora que a luz aqui a ser mencionada não seja aquela luz natural que durante o dia emana do astro-rei, o sol que nos aquece, ou até mesmo de alguma outra fonte artificial, achamos que vale a pena tecermos comentários sobre uma luz mais simbólica, mais filosófica que é a luz do conhecimento. A luz da sabedoria. A luz da própria vida. Certa vez o mestre que meditava em silêncio na quietude de seu oráculo, escutou uma voz distante que sobre batidas fortes na porta de madeira que o protegia do mundo, gritava desesperado. Mestre quero ver a luz! -- Quem és tu aventureiro que ousas interromper o meu silêncio? Perguntou em voz alta o mestre. -- Baixe vossa espada meu querido mestre. Sou apenas um de seus servos anônimo que estando nas trevas deseja a luz. -- E como podes pretender essa tão sublime esperança? -- É porque me disseram que o senhor é a luz. Uma luz que procuro, mas ainda não posso vê-la porque ainda tenho pouca idade. Será que é porque eu ainda não aprendi a ler nem escrever. Será que algum dia eu vou poder superar essa dificuldade? Ou será que sempre vou ter que ser conduzido por um guia nas minhas procuras e nas realizações de minhas viagens determinadas pela vida. -- Deixarás de ser conduzido quando perderes tuas formas primitivas. Quando passares por um processo de transformação por conta do polimento espiritual onde teus irmãos mais velhos desbastarão em ti, as asperezas dessa pedra bruta em seu estado natural que é o que representas agora. Só assim depois desse polimento moral, estarás apto a iniciar uma subida gradual na escada da vida, mesmo que ainda tenhas que ser amparado pelos outros. Concordas? -- Já vi que ainda terei de fazer muitas viagens. Disse o aventureiro. E se eu for abandonado pelos outros? -- Se tua vida for pautada pelos caminhos da retidão, se fores justo, se tiveres bons costumes, os outros jamais te abandonarão. Pelo contrário eles só soltarão a tua mão quando já tiveres perdido o medo da escuridão simbólica em que te encontras. E então, quando já com uma idade mais avançada, estejas vendo moralmente alguma coisa ao teu redor, ai sim, já poderás caminhar sozinho. E satisfeitos com o teu progresso haverão de te convidar para que ajudes a construir muitos e muitos templos onde se cultue a virtude e se desmoralize o vício. -- Como vou ajudá-los se não entendo nada de construção? -- Não estou falando de qualquer construção. Replicou o mestre. Estou falando de uma construção moral. Do uso da inteligência a serviço dos estudiosos que vão colocá-lo no caminho certo para que possas prosseguir em direção a teu objetivo principal. Ou seja. A luz. -- Mas eu nem conheço o caminho! -- Acertar o caminho é muito fácil. Assim como conseguistes na escuridão moral acertar a porta de meu templo, insiste da mesma maneira na tua busca. O caminho da luz está marcado simbolicamente por ramos de acácia. Eles representam a sabedoria. Oriente-se por eles. Para os obstinados, eles aparecem todo tempo. E estarão, também, sempre bem floridos orientando os mestres para que nunca se percam em sua missão de prosseguir difundindo seus ensinamentos no uso da razão. Se você conseguir encontrá-los estará provado que em você existe plantada a semente da esperança que te dará o respaldo necessário para a concretização de teu desejo. Assim então estarás apto para ouvir a tão esperada ordem. Faça-se a Luz! E a Luz será feita como prêmio pela tua perseverança, deixando-te em lugar privilegiado onde somente os puros e os nobres de coração, têm garantido o seu acesso.

22 agosto 2008

Videos - Bons momentos!

video video video

Bons Amigos que não se esquecem!

Bruno - uma pessoa que transpira boas energias e muito carinho!
Tânia - sempre com um sorriso que demonstra a sua sinceridade e felicidade!
Muitos Beijinhos Lindos!!!

A noite do Eclipse

Having Fun!!!!

A ponte que ligava o Sacred Fire ao Chillout

Balançando! Bad Trip? Come to healing genious!

Adara - indian style!
Triping on flashy poi!

The philosophy reflected all around at Boom!!

Eco-Centre